segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

"Moleque": a nova curta-metragem brasileira inspirada em 'Chaves'

Filme já concorre a uma vaga no festival de cinema "Los Angeles CineFest"
Dirigido por Marcos Pena e rodado em Minas Gerais, Moleque é uma curta-metragem inspirada no seriado Chaves, criado pelo Chespirito. A adaptação é uma homenagem a obra de Roberto Gómez Bolaños.

Foto dos bastidores da produção, publicada em sua página no Facebook
As mudanças são bem óbvias. A mais "escancarada" são as crianças,que são realmente crianças. Diferente do que ocorre dentro do programa de Bolaños, onde todos eram adultos, incluindo as "crianças". Sem contar da  modernização dos personagens e do ambiente. Ao que parece, todos os nomes dos personagens foram adaptados, e entre eles, o Chaves. O protagonista passou a se apelidar de Moleque, para combinar melhor com a tradução do roteiro original (pois El Chavo - nome original do personagem - significa em tradução livre: o menino travesso, o moleque). Veja abaixo o trailer do filme postado no YouTube:


De acordo com o trailer, se misturam os roteiros de O ladrão da vila e de O vendedor de churros. É uma combinação perfeita do jeitinho brasileiro com a trama. O Grupo Chespirito, donos dos direitos autoriais da marca "Chaves", estão sabendo do ocorrido, segundo o diretor Marcos Pena. Eles aprovaram o projeto e liberaram para ser exibido no mundo todo, só depois na internet.

Quico virou Fred (que lembra Frederico), Chiquinha, virou Fran (que lembra Francisquinha, seu primeiro nome na dublagem), Seu Madruga virou o Soneca, e seu biscate é, curiosamente, vender churros... As referências são inevitáveis.

O filme foi selecionado para tentar ganhar uma vaga no festival internacional de cinema Los Angeles CineFest. Mas, é preciso que tenha um número considerável de votos no site do festival. Gostou? Quer ajudar na votação?

Acesse o site, clicando aqui. Vai rolando a página, até achar um formulário. Preencha-o assim:

Ao terminar, aperte Submit. Prontinho, agora é só torcer para o mundo ver o filme. Obrigado!

Cena do trailer, onde Moleque vê, esfomeado e no lado de fora, as comidas em um restaurante
E aqui deixo meus parabéns pelo trabalho de toda a equipe, do elenco (especialmente do infantil), do diretor Marcos Pena. Parabenizo, porque poucas vezes vejo gente se inspirar em obras tão bonitas e tão simples como o 'Chaves' do Chespirito. Boa sorte a todos, espero ver algo mais que o trailer.


Acesse a página do filme, clicando aqui.

Um comentário:

  1. Obrigado pelo elogio e pela força. Um abraço.

    Marcos Pena

    ResponderExcluir