sábado, 28 de fevereiro de 2015

SBT decepciona fãs ao tirar Chapolin do ar e Eduardo Gouvea desabafa e revela

'Chapolin' já saiu do ar, e nesta segunda é substituído por 'As visóes da Raven'

Para a tristeza dos fãs, o SBT confirmou a saída de Chapolin nesta segunda (que será substituído pelo programa americano As visões da Raven), em sua grade de programação depois de quase dois meses de exibição. Mas, e aquelas promessas que Valette Negro fez? (clique aqui pra relembrar)

Lembrando que foi o tal Murilo Fraga que prometeu a ele. Eduardo Gouvea somente repassou para os fóruns, os sites e tudo mais, enchendo os fãs de esperança. O que ninguém esperava ou esperava sim era a saída do seriado que saiu nesta sexta, através da divulgação da grade de programação. E detalhe:

Foi o programa que mais deu audiência nesse começo de ano. Às vezes superava a de Chaves.

Nos fóruns, Eduardo desabafou: "Eu avisei que se algo desse errado, eu entregaria as cabeças e contaria uma “bela” história de bastidores (coisas sobre as séries CH dentro do SBT), protagonizadas pelo Jean Chambre e por mim".

E foi isso que ele fez: O presidente do Fã-Clube Chespirito Brasil revelou que o episódio "Quer apostar como eu nunca mais entro numa aposta?" - episódio que foi exibido praticamente pela metade no site do SBT - do seriado Chapolin e gravado em 1975, foi completamente recuperado, ou seja, eles conseguiram recuperar o episódio e a parte faltante não exibida. Segundo Gouvea, eles prometeram que iriam exibir o episódio, mas não cumpriram a promessa. Prometeram também que iriam exibir o episódio A herança, gravado em 1977, que foi exibido no site do SBT e pelo canal pago Cartoon Network. Mas também não cumpriram a promessa. E tem mais: Ele revelou que o SBT possui dois episódios perdidos mundiais, conhecidos como "A incrível história de Sansão" e "O mistério dos Três Reis Magos", sendo que este segundo episódio citado não tem sua sinopse confirmada (não se sabe no que se trata esse episódio).

Além disso, Eduardo afirmou não ter informações sobre outros episódios semelhantes que o SBT prometeu exibir, mas que não foram. E ainda tem a promessa que um funcionário, que não merece seu nome ser citado em nenhuma ocasião, responsável pelos episódios fez no Twitter respondendo uma pergunta feita por Jean Chambre, amigo de Valette e colaborador do Fã-Clube:

"Vai rolar algum episódio semelhante/inédito no Chapolin?"
"Sim, vai rolar semelhantes também!"

Mas, quase que episódios comuns desaparecem e outros comuns reapareceriam se fosse semelhante. Um outro funcionário, que também não merece ter seu nome citado por aqui e em lugar algum, chegou a confundir "O anel da bruxa" gravado em 1978 com "O anel de brilhantes" gravado em 1974. Sendo que os roteiros de ambos são totalmente diferentes. Roteiros de outros episódios também foram confundidos pelo mesmo funcionário.

Como sabem, Chapolin começou a ser exibido no dia 05/01/2015. A partir de fevereiro, a emissora começou a reprisar episódios. O objetivo era exibir os primeiros episódios dublados em ordem, incluindo o episódio da aposta que foi exibido incompleto na internet. Mas, a ideia não deu certo e eles resolveram deixar de responder Chambre e Gouvea.

Eduardo Gouvea, termina sua declaração polêmica e triste, assim:
"Bem... Já cumpri o prometido! Fizeram o Chambre e a mim de palhaços e agora entrego de bandeja, as cabeças de todos eles. E não só... Fizeram de bobos também, milhares de fãs espalhados pelo Brasil. A criançada estava amando conhecer a série e os episódios. Isso ficou mais que evidente no Chespirito Day. Agora façam o que quiserem."

E o que adianta reclamar, encher o Twitter dos caras com xingamentos, ofensas, reclamações, cobranças, enviar e-mails para o Murilo cobrando explicações e acontecer a mesma coisa sempre? Claro que isso não quer dizer que vocês deixem de fazer tudo isso, a escolha é de cada um.

A única coisa que devemos fazer agora e pedir a Deus muita paciência. Obrigado ao Eduardo, ao Jean Chambre e a todos que tentaram fazer uma acordo com o SBT, o que é uma coisa impossível. Nunca vi uma coisa tão triste e ridícula na minha vida. Fomos humilhados por essa máfia de pessoas que não dão a mínima para as pessoas que só querem o bem para uma exibição que mais parece um lixo de reprises e desculpas se tornar uma exibição clara, organizada e completa.

É muito triste saber que os fãs são tão desvalorizados quanto as séries e os artistas em si. De verdade, é muito triste mesmo. Ficamos sentidos, com raiva e com humilhação mais um fim de transmissão de Chapolin, que foi exibido pela última vez neste sábado (28/02).

Só temos que lamentar mesmo. E esperar muito para que o dia em que tudo estiver sendo exibido certinho, tanto com Chaves e quanto com Chapolin, chegar. Só isso.

Clique aqui para ler o relato original e completo de Eduardo sobre isso tudo. Para ver as coisas de uma forma reduzida, clique aqui e veja o texto que Victor fez para o Vizinhança do Chaves.

2 comentários:

  1. Olá, Enzo. Muito obrigado pela citação. Fiz o mesmo e linkei seu post no do VdC. Você escreve muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, querido Victor. Fico fascinado com seus comentários e os seus textos lá no VdC. Você também escreve super bem.

      Mande abraço a todos do melhor blog sobre CH do Brasil.

      Excluir