quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

ESPECIAL: Televisa bloqueia vídeos de Chespirito no YouTube pelo Brasil

Parece que a coisa tá feia. Uma pena atualizar uma coisas dessas semanas depois foi anunciada a esperada limpeza do acervo de episódios no SBT (saiba mais aqui).

Agora, a Televisa, emissora que produziu a maioria das obras de Roberto Gómez Bolaños, bloqueou seus vídeos em seus canais oficiais para o Brasil. Ou seja, só o México e outros países podem assistir esses vídeos.

Segundo relatos do usuário Adão RS, do Fórum Chaves, os vídeos em espanhol chegaram a ficar indisponíveis para o Brasil (e ainda estão). Somente dois episódios do seriado Chapolin estão no ar para os brasileiros. Isso se comprova pelos screens tirado por ele:

Episódio em espanhol bloqueado para o Brasil pela Televisa, segundo YouTube
Assim como anteriormente eu mostrei para vocês, o usuário da comunidade também percebeu que apesar de estarem ao ar, os vídeos não estão visíveis no canal oficial em português. Só que mais tarde, a Televisa também bloqueou os episódios em português.

Assim como o blog mostrou anteriormente, os vídeos haviam sido desaparecidos do canal

Em um momento depois, o canal em espanhol foi excluído. Temporariamente.

Canal em espanhol fica temporariamente fora do ar. Segundo YouTube, o canal não existira.

"O canal em espanhol voltou ao ar para o Brasil, com dois vídeos. O canal em português permanece no ar, mas sem vídeos. A sensação é de incerteza." - relata Adão no tópico.

Para ver o tópico original no Fórum Chaves, clique aqui.

Iago do Campos, usuário do Fórum Chaves e fã de Chespirito, expressou sua opinião:
"Eu acho que a Florinda Meza meteu o dedo e mandou bloquear os vídeos. Ela está bloqueando cada vez mais o acesso ao Chespirito e suas obras. Já não bastou ela contratar seguranças para impedir o acesso dos fãs ao túmulo, agora quer bloquear o nosso acesso às séries..."

Pois é. Parece que agora nós é que somos a gentalha. Só falta ela dá tabefe em algum fã, pensando que é o Seu Madruga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário