sábado, 14 de fevereiro de 2015

Afinal, o que significa 'Chespirito'?


Muita gente não sabe a história do apelido de Roberto Gómez Bolaños. Aí vai um trecho do livro Chaves - a história oficial ilustrada, da editora Universo dos Livros:

O berço do seu lendário apelido

Mesmo antes de se envolver com a exitosa carreira de roteirista para a televisão, Roberto Gómez Bolaños começou a escrever histórias para o cinema, e logo em seu filme, "Los legionarios" (1958), protagonizado pela dupla Viruta e Capulina, foi batizado de Chespirito.

"O diretor era Agustín P. Delgado, que gostou muito do roteiro. Ele me disse: 'Você é um pequeno Shakespeare'. Era um elogio muito grande. E então passou a me chamar de 'Shakespearito', como diminutivo de William Shakespeare."

Seus companheiros de trabalho, atores e técnicos, também começaram a chamá-lo assim, e ao mesmo tempo, encarregam-se de castelhanizar o apelido até transformá-lo em "Chespirito". Roberto gostou tanto do nome que o adotou como nome artístico, sem imaginar, na época, que esse apelido ultrapassasse fronteiras, sempre acompanhado de seu incondicional elenco. [...]

E não é que isso aconteceu? Mas, apesar de muitos terem a consciência da existência desse apelido inesquecível, o Brasil decidiu adotar como apelido brasileiro, Chaves, um dos personagens do pequeno Shakespeare. Tanto, que ao contrário dos outros países, na hora de se despedir do lendário artista mexicano nas redes sociais, a hashtag #RIPChaves foi usada como homenagem ao ator e ao personagem. Até a Rede Globo usou.

'Chaves' é o personagem de Chespirito mais amado e lembrado pelos brasileiros

O motivo é óbvio: Chaves é o personagem preferido do brasileiro, a maioria que gosta das obras de Bolãnos gosta mais de Chaves. Mas, isso não quer dizer que o super-herói atrapalhado Chapolin seja desprezado pelo brasileiro, tanto que uma das fantasias mais usadas nos blocos carnavalescos por aí são referências ao defensor mexicano.

Agora, imaginem a versão MAGA (dublagem clássica dos seriados exibida até hoje pelo SBT) ter que adaptar o apelido assim como adaptou Chaves e Chapolin? Chespirito poderia sair como Shakesperzinho, não?

Não. Isso seria pior do que o chamarem de Xesperito...

Créditos das imagens: sites Flashback Interativo e Ligado em Série.

Nenhum comentário:

Postar um comentário